Instituto Penal de Alvorada – Arq. Rafael Vargas Lopes

APRESENTAÇÃO

 

A questão da punição passou por um proceso evolutivo/involutivo da tortura corporal para a tortura da alma, num espaço inadequado, com penas inadequadas à reinserção social, colocando em questão as normas penais em detrimento dos seus objetivos teóricos, instigando a investigação do espaço como adequado ou inadequado ao seu verdadeiro fim. O espaço é (ou pelo menos deveria ser) utilizado como meio de prevenção comum a todas as teorias, na medida em que é o instrumento utilizado para a aplicação da pena, e o desenho arquitetônico procura neutralizar o elevado risco criminógeno que ostenta os espaços. A configuração atual desses espaços demonstra que as ideias, os projetos e as regras estiveram dissociados da realidade, deixando os reclusos excluídos pelo poder público e também por toda sociedade.

 

 

 

Screen shot 2014-10-01 at 9.05.12 PM

 

 

 

PROPOSTA

 

Projetar um Instituto Penal em Alvorada, município da região metropolitana de Porto Alegre, que lidera o ranking dos locais com o maior número de crimes do RS. O Instituto Penal de Alvorada seguirá as normas descritas nas diretrizes do Ministério da Justiça, conterá 512 vagas destinadas para indivíduos adultos do sexo masculino condenados ao regime fechado.

Antes de iniciar um projeto deste tipo, devemos ter uma ideia clara do que deve ser uma experiência de privação de liberdade. Partindo desta experiência, o arquiteto deve trabalhar para construir o melhor espaço de “recuperação” dos apenados.

Para o bom funcionamento desse ambiente, deve-se estudar o perfil dos futuros indivíduos usufruidores do local de acordo com a sua localidade, pois não adiantaria utilizar de técnicas que funcionem bem em outros países, sendo que a nossa realidade não é a mesma.

 

 

 

 

Screen shot 2014-10-01 at 9.11.33 PM

Screen shot 2014-10-01 at 9.12.38 PM

 

 

 

 

ESPAÇO PARA ESPERA EXTERNA

 

Este espaço servirá tanto como local de espera para os visitantes do Instituto Penal de Alvorada, com sala de pertences, brinquedoteca, exposições, como também um espaço aberto para todos os moradores da região, criando um ambiente convidativo de espaço e lazer.

 

Screen shot 2014-10-01 at 9.14.23 PMScreen shot 2014-10-01 at 9.14.15 PM

 

 

 

 

SETOR EXTERNO

 

Contém os módulos: guarda externa, agentes penitenciários, recepção, revista de visitantes e administração.

 

 

 

 

Screen shot 2014-10-01 at 9.22.53 PM Screen shot 2014-10-01 at 9.23.12 PM

 

 

 

 

SETOR INTERMEDIÁRIO

 

Contém os módulos: triagem e inclusão do apenado, assistência à saúde, tratamento penal e instalações.

 

 

 

 

Screen shot 2014-10-01 at 9.25.11 PM Screen shot 2014-10-01 at 9.24.57 PM

 

 

 

 

SETOR INTERNO

 

 

 

 

Screen shot 2014-10-01 at 9.27.04 PM Screen shot 2014-10-01 at 9.25.54 PM

 

Screen shot 2014-10-01 at 9.28.16 PM Screen shot 2014-10-01 at 9.27.53 PM

 

 

 

DETALHES DAS CELAS PRÉ-FABRICADAS

 

 

 

Screen shot 2014-10-01 at 9.29.27 PM Screen shot 2014-10-01 at 9.29.18 PM Screen shot 2014-10-01 at 9.29.10 PM Screen shot 2014-10-01 at 9.28.59 PM

 

 

 

 

 

Arq. Rafael Vargas Lopes

Alvorada – RS

* Este é um projeto de estabelecimento penal intitulado “Instituto Penal de Alvorada”, idealizado como trabalho de conclusão de curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Luterana do Brasil – ULBRA, pelo Arq. Rafael Vargas Lopes, sob orientação de Samantha Diefenbach. Textos e imagens retirados das pranchas de apresentação cedidas por Rafael Vargas Lopes, por email, em 11 de agosto de 2014.
Todos os direitos reservados.
10 de outubro de 2014


Comente! (4)
© 2010 Érika Sun Consultoria em Arquitetura Prisional • Todos os direitos reservados